“De tanto ver crescer a injustiça, de tanto ver agigantar-se o poder nas mãos dos maus, o homem chega a rir-se da honra, desanimar-se de justiça e ter vergonha de ser honesto.”

Rui Barbosa

quinta-feira, 2 de maio de 2013

Ciúme, o lado amargo do amor

"No banquete do amor, o ciúme é o saleiro, que ao querer verdadeiro empresta vivo sabor; advirta-se porém ser erro temperar em demasia.

O ciúme, por ser só sal um retrato, se posto demais no prato, não tempera, antes maltrata."

Tirso de Molina



Trem danado esse tal de ciúme...

Como diz o ditado, tudo de mais é sobra, pura realidade, quando na medida certa é gostoso, dá uma sensação de proteção, de cuidado.

Em excesso incomoda, ocupa nosso espaço, oprime e isso não é bom.

Tem pessoas que dizem não sentir, será? Talvez ainda não tenham encontrado o amor ou talvez tenham muita autoconfiança.

O Dr. Eduardo Ferreira Santos, psiquiatra do Hospital das Clínicas em São Paulo dá uma palhinha interessante sobre esse tema, vale a pena conferir.

O título da minha postagem é na realidade o nome do livro que o Dr. Eduardo publicou.

Fernando Rocha

Fotos Google







Troca de Links - Ocioso

Postagens Populares Mãe Terra

Distante dos olhos, tão perto de mim...