“De tanto ver crescer a injustiça, de tanto ver agigantar-se o poder nas mãos dos maus, o homem chega a rir-se da honra, desanimar-se de justiça e ter vergonha de ser honesto.”

Rui Barbosa

sábado, 21 de janeiro de 2012

O leão e o urso: estrelas de circo abandonadas

Não permitas que ninguém negligencie o peso de sua responsabilidade.

Enquanto tantos animais continuam a ser maltratados, enquanto o lamento dos animais sedentos nos vagões de carga não sejam emudecidos, enquanto prevalecer tanta brutalidade em nossos matadouros, todos seremos culpados.

Tudo o que tem vida tem valor como um ser vivo, como uma manifestação do mistério da vida.

Albert Schweitzer


No que diz respeito à maldade do ser humano a gente nunca viu tudo e acho que nunca vai ver, parece não ter limites.

Ainda existem circos com animais nesse país e no mundo, esses dois animais são apenas um exemplo do que acontece quando eles ficam velhos, adoecem, não servem mais, os circos fecham...

São descartáveis, são abandonados como lixo não importando o que vai acontecer com eles, quem se importa, são apenas animais.

O urso nunca entrou na água, elemento que faz parte do habitat natural dele, o leão que teve as unhas amputadas para não oferecer riscos ao domador, o cárcere a que foram submetidos, o sofrimento, a dor, nada acontece, ninguém é punido.

A crueldade humana é implacável, que pena.

Fernando Rocha

Fotos Google:






Troca de Links - Ocioso

Postagens Populares Mãe Terra

Distante dos olhos, tão perto de mim...