“De tanto ver crescer a injustiça, de tanto ver agigantar-se o poder nas mãos dos maus, o homem chega a rir-se da honra, desanimar-se de justiça e ter vergonha de ser honesto.”

Rui Barbosa

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

Mudanças que as invenções de Jobs trouxeram para o mundo

Para o verdadeiro sucesso, pergunte a si mesmo 4 questões: Por que? Por que não? Por que não eu? Por que não agora?

James Allen



Não tem como negar que a tecnologia é necessária, estamos em pleno século XXI, quando pensamos não haver mais nada para ser criado, vem alguém e muda todos os conceitos existentes, uma verdadeira revolução industrial, pessoal, revolução em todos os sentidos.

Uma revolução que obriga as pessoas a estudarem cada vez mais, a se aprimorarem, pois, o mercado de trabalho fica cada vez mais exigente e para arrumar um bom emprego é necessário muito conhecimento e domínio.

É uma pena que não se invista tanto no ser humano quanto se investe em bens materiais, mesmo com toda a automação de tarefas, de máquinas ainda não criaram um robô capaz de substituir totalmente o homem, o seu trabalho ainda é muito necessário e importante.

Robô não tem sentimento, não sai para fumar, não vai ao banheiro, com uma boa manutenção não adoece, não recebe salário, não sai de férias, não recebe 13º salário, não discute uma ordem, faz o que lhe mandam... ou programam, é muito produtivo, não faz greve, não reclama, não se cansa, não almoça nem janta, não faz campanha salarial, é o que todo empresário hoje em dia quer na sua empresa, brinquedos totalmente manipulados por suas mãos para fazerem o que eles quiserem, brinquedos sem necessidade de divertir, de conversar, de fazer amizade, de ter uma vida.

E aí, depois de tantos anos trabalhando dentro de indústrias fico me perguntando, qual a diferença do robô para o trabalhador humano?

Com certeza a máquina tem muito mais valor para eles, com uma grande diferença, pelo fato de não ter sentimento, não se importa com a total escravidão e desrespeito a que são impostas no dia a dia, o mesmo não acontece com o homem, elemento descartável, que na maioria das vezes é humilhado e oprimido pelos que comandam em nome de uma produtividade, se calam e engolem seco a revolta, pois precisam do emprego para poder levar a vida com pelo menos um pouco de dignidade, mas com total submissão, com o terrível e sempre, sentimento de medo, de perda e pressão a que são submetidos a todo instante.

Só o estudo e a educação podem levar o homem a não temer ninguém nem nada.

Só o estudo e a educação podem abrir os olhos cerrados das pessoas, a mostrar todos os horizontes e não só a visão que os dominantes querem que enxerguemos, a vontade deles.

Só o estudo e a educação podem libertar um povo das amarras dos ditadores.

Fernando Rocha

Fotos Google:












Troca de Links - Ocioso

Postagens Populares Mãe Terra

Distante dos olhos, tão perto de mim...