“De tanto ver crescer a injustiça, de tanto ver agigantar-se o poder nas mãos dos maus, o homem chega a rir-se da honra, desanimar-se de justiça e ter vergonha de ser honesto.”

Rui Barbosa

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

A hora do tubarão-tigre, a hora da caça

Se queres nadar entre tubarões não seja um peixinho, torne se tubarão, do contrário não terá chance.

Anderson Martins



Esse fato aconteceu em uma praia de Tonga, na Oceania, a professora realizava um belo trabalho voluntário em um corpo de paz.

Estava há pouco tempo no local e talvez desconhecesse o perigo, entrou no mar para se divertir um pouco, justamente no horário de pico de alimentação do tubarão-tigre.

Infelizmente aconteceu o pior, foi atacada por ele.

Não é culpa do tubarão, ele é um caçador e o humano nem é sua presa principal, deve ter confundido ou coisa do tipo, dizem os especialistas, o certo é que, em águas assim não se deve aventurar sem saber o que está fazendo.

Uma vida interrompida, um futuro perdido no tempo, algo que poderia ter sido evitado.

Quantas vidas são perdidas por precipitação, por atitudes impensadas, ou talvez até por pensar que o pior nunca acontecerá com a gente.

Vale a pena refletir um pouco.

Fernando Rocha

Fotos Google:








Troca de Links - Ocioso

Postagens Populares Mãe Terra

Distante dos olhos, tão perto de mim...